Ao observar os hábitos miccionais dos pequenos, é possível identificar quando há necessidade de ajuda profissional

Episódios de perda de xixi durante o sono são comuns na infância, principalmente até os 5 anos, quando os pequenos ainda estão em fase de desenvolvimento da bexiga. No entanto, é preciso ficar de olho em alguns fatores que podem indicar quando essas perdas involuntárias já não são normais e necessitam a procura de um profissional como pediatras e urologistas infantis. O comportamento dos pais é determinante no diagnóstico e tratamento da enurese, portanto, fique atento a esses sinais:

1)    Cama molhada após os 5 anos
Se o seu pequeno nunca chegou a mostrar um padrão de noites sequinhas após os cinco anos, é preciso procurar a ajuda de um pediatra. A persistência dos episódios de xixi pode caracterizar a chamada enurese noturna primária, que é quando a criança não apresenta períodos prolongados de controle da urina. Se o pai ou a mãe enfrentaram esse problema durante a infância, há 40% de chances de que a criança também possa desenvolver. Quando os dois apresentaram enurese, as chances são de 80%.

2)    Cama molhada após ter adquirido o controle
Quando a criança chegou a ficar por um período de seis meses ou mais sem fazer xixi na cama e volta a molhar depois deste tempo, é importante procurar ajuda de um pediatra e até mesmo de um psicólogo. Isso porque, nestes casos, as perdas estão geralmente associadas a fatores emocionais (estresse, medo, tristeza, ansiedade, entre outros). Quando há essas perdas de xixi sem motivo aparente, chamamos de enurese noturna secundária.

3)    Alterações de cor no xixi
É importante que os pais verifiquem também possíveis alterações na coloração da urina.  Xixi cor mel ou âmbar pode indicar desidratação, xixi laranja está relacionado com a falta de água ou problemas biliares, por exemplo. Ao verificar mudanças de cor, é importante que a criança se consulte com um urologista, que irá diagnosticar as possíveis causas.

É importante lembrar que os episódios de xixi na cama podem abalar emocionalmente a criança, deixando-a desmotivada e fazendo com que ela tenha uma vida social mais reclusa. Se o hábito de molhar os lençóis durante o sono está interferindo no dia a dia do seu filho, leve a questão a sério. Há muitos casos da persistência da enurese noturna na vida adulta por conta da ausência ou tratamento inadequado na infância.

Quer saber mais? Confira as principais dúvidas sobre xixi na cama na nossa FAQ!