Projeto, que completa 6 anos em 2018, aperfeiçoa canal para continuar levando mensagem de conscientização às famílias

Ainda no clima “Hora de Agir”, tema do último World Bedwetting Day, o Sem Xixi na Cama tem novidades no site! Com design mais atrativo e navegação mais simples, uma nova versão acaba de ser colocada no ar e favorece a busca por informações sobre enurese noturna e ainda oferece suporte na busca por orientação profissional e tratamento adequado. Navegue à vontade, encontre tudo sobre xixi na cama e faça parte desse movimento pelo bem-estar infantil.

Veja o que mudou!

Ao acessar a nova versão do site do Sem Xixi na Cama, você já conseguirá perceber uma grande mudança. Logo no cabeçalho, um botão de destaque convida o usuário a acessar a página Centros de Apoio, onde há uma lista de hospitais e clínicas por região que tratam a enurese. Os menus, mais organizados, continuam a oferecer informação e conteúdos de apoio que se dividem em vídeos e materiais para download, como o diário miccional e o Guia de Cuidados para Enurese Noturna, entre as novidades da repaginação.

Encontre tudo sobre xixi na cama!

Para te ajudar a navegar sem dificuldades pelo novo site, preparamos um guia sobre o que você encontrará em cada menu. Confira:

 

Além dos menus principais, você também encontra:

– No cabeçalho: botão para nossas redes sociais, Facebook, Twitter e Instagram.

– No rodapé: botão de newsletter. Insira seu e-mail e receba as novidades do Sem Xixi em primeira mão.

 História do Sem Xixi

O Sem Xixi na Cama nasceu em 2012 como uma iniciativa que visa compartilhar informações sobre enurese noturna. Acreditamos que quanto mais pessoas se informarem sobre o transtorno, mais crianças terão acesso ao tratamento adequado e a uma vida mais segura e feliz. Acompanhe nossas atualizações no blog e nas redes sociais, compartilhando os conteúdos e fazendo com que cada vez mais gente tenha conhecimento de que xixi na cama após os 5 anos é assunto médico. Mas lembre-se: procuramos reunir tudo sobre xixi na cama, mas nenhum conteúdo disponibilizado aqui, ou em qualquer outro canal, pode substituir a consulta presencial com um especialista.